<!–:pt–>AMOR E RESTOS HUMANOS, 2002.<!–:–><!–:en–>AMOR E RESTOS HUMANOS, 2002.<!–:–><!–:es–>AMOR E RESTOS HUMANOS, 2002.<!–:–>

Amor e Restos Humanos apresenta questões controversas da contemporaneidade: a busca da realização amorosa, a homossexualidade, as drogas, a Aids, a solidão, a crueldade da vida nos grandes centros urbanos.
O mundo paradoxalmente sórdido e divertido criado pelo canadense Brad Fraser foi uma grande oportunidade para companhia abandonar os teatros convencionais, construir um espaço cênico próprio para o espetáculo e experimentar uma nova relação entre palco e platéia, deslocando-os de seus lugares tradicionais.

 

[ FICHA TÉCNICA ]

elemento 6-02

Autor — Brad Fraser
Direção  Carlos Gradim
Cenário Figurino  André Cortez
Iluminação — Telma Fernandes
Trilha Sonora  Fábio Trummer
Elenco  Cynthia Paulino, Docimar Moreira, João Lima, Rodrigo Capanema, Leonardo Bertholini, Letícia Castilho, Samira Ávila, Rafael Neumayr, Rodrigo Melgaço.

Prêmios 

SESC SATED – 2002
Melhor Direção
Melhor Iluminação
Melhor Atriz Coadjuvante
AMPARC Bonsucesso – 2002
Melhor Cenário
Melhor Ator e Atriz Coadjuvante
Atriz Revelação
Melhor Iluminação



ESTIMADA VENTAFOCS, 2008.
O OUTRO DO OUTRO, 2010.
AZUL COMO UMA LARANJA, 2009.
NATUREZA MONSTRUOSA, 2011.