AZUL COMO UMA LARANJA, 2009.

Nomeamos as coisas na tentativa de reinventar o mundo.
Como se cada coisa existisse através de sua definição.
Toda descrição é uma sugestão en potência.
A lenguagem revela formas através de limites, recortes que classificam e definem as matérias.
As imposibilidades da linguagem nos convidam a refletir sobre outras existências.
Assim, nos aventuramos a compor uma trajetória para cada coisa.
Um antes e um depois, um contexto onde o objeto em questão poderia existir.
A partir do ponto mínimo construimos suas probabilidades. Ponto por ponto.
E de provável em provável alcançamos possíveis, equilibrando-nos entre a ficção e o que insistimos em chamar de realidade.

 

[ FICHA TÉCNICA ]

elemento 6-02

Criação e interpretação  Cecilia Colacrai e João Lima

Música original — Miguel Marín

Desenho de luz  Xavier Muñoz

Técnico de luz e som  Pablo (Mo) Ramirez

Realização audiovisual  Anna Brufau

Desenho gráfico e fotografía — Débora Tenenbaum



O OUTRO DO OUTRO, 2010.
INVOLUNTARIAMENTE, 2007.
DIA ZERO, 2012.
NOTURNO, 2003.