DIA ZERO, 2012.

DIA ZERO é uma peça que fala da destruição, e sobre o vazio e o silêncio gerados depois dela. Sobre o rastro de devastação e  suas consequências. É uma peça que se aproxima à destruição a partir do corpo, mas utilizando recursos de física doméstica e elementos sonoros.

[ FICHA TÉCNICA ]

elemento 6-02

Criação e interpretação — Anna Rubirola

Assistência de direção — João Lima

Desenho de som e  música original — Oriol Roca. 

Foto — Alba Suñe. 

Assessoramento científico — Roger Puig, Jaume Roqueta. 

Duração — 30 min. 

Agradecimentos — Natalia Jiménez, Iris Heitzinger, Cecilia Colacrai, Clara Tena, Georgina Oliva, Nona López, Margherita Bergamo, Mira Calix, Laura Rubirola, Taller de Guionistes e a toda a equipe de colaboradores.



Os comentários estão desativados.

DIA ZERO, 2012.
ELES NÃO SABIAM DE NADA, 2004.
EM TRÂNSITO, 2013.
PEOPLE LIKE US, 2005.
pay for paperscustom writingedit my paperedit my paperedit my paperedit my paper