SANDCASTLE, 2007.

Involuntariamente, os meus pulmões inspiram oxigénio, o meu coração bombeia sangue e a temperatura do meu corpo normalmente permanece num nível elevado de aproximadamente 36º. Sempre que me esforço respiro mais fundo que é habitual e sinto-me cansado; quando tenho frio, os meus dentes rangem e o meu corpo treme; quando tenho calor, suo; sempre que me sinto suficientemente cansado, descaso ou durmo. Se o meu estômago se contrai e eu sinto as dores da fome, penso em levar comida à minha boca, onde é humedecida, mastigada e enviada para o tubo digestivo. Quando sinto pressão na bexiga, urino e quando os meus intestinos estão cheios, defeco.

[ FICHA TÉCNICA ]

elemento 6-02
Conceito e interpretação — Sofia Dias, Vítor Roriz e João Lima
Montagem de som — Sofia Dias
Post editing — Tiago Cerqueira
Assistência — Marta Cerqueira
Co-produção — TRANSFER O Espaço do Tempo, La Caldera
Estreia — Black Box O Espaço do Tempo 2007.
Duração — 40′



CASA GRANDE & SENZALA, 2001.
PALAVRA PLÁSTICA, 2009.
SANDCASTLE, 2007.
EM TRÂNSITO, 2013.